Clicky

tradição • 16/02/2017 - 16:25 • Atualizado em: 16/02/2017 - 16:56

'Desfile dos Bonecos Gigantes de Pernambuco pode estar ameaçado', diz Silvio Botelho

Considerado o pai dos Bonecos Gigantes no Estado, o artista plástico ressaltou que as novas criações visam fama instantânea baseada na comercialização, mas fogem da cultura do carnaval lúdico

por Rebeca Ângelis
Galeria de fotos: 
Silvio Botelho tem receio que a cultura dos bonecos se acabeo 'pai dos bonecos gigantes' atua há 43 anosOs preparativos começam, aproximadamente, um ano antesAcervo conta com mais de mil bonecosAcervo conta com mais de mil bonecosAcervo conta com mais de mil bonecos
Foto:

“É necessário que se encare as coisas com profissionalismo e responsabilidade”, alerta o artista plástico olindense, Silvio Botelho, que critica algumas das novas criações de celebridades na mídia. Há 43 anos na produção de bonecos gigantes, ele ressalta que sente receio do fim da cultura dos bonecos gigantes tradicionais, pelo crescimento exagerado de figuras que fogem da forma lúdica e saudável que o Carnaval de Pernambuco propõe exibir.

“Não acho que o carnaval seja para este tipo de crítica não, principalmente porque divide opiniões.Carnaval existe para divertir as pessoas, passar mensagens engraçadas, não incentivar conflitos”, salienta.

Com um acervo de mais de 1.200 bonecos gigantes, distribuídos em seu ateliê, localizado no bairro do Amparo, em Olinda, Silvio inicia os preparativos aproximadamente um ano antes do Carnaval. Considerado o pai dos bonecos Gigantes no Estado, Botelho explica que o feito se deve às suas primeiras criações, mas teme que a tradição se perca no tempo. Em entrevista ao LeiaJá, ele ressaltou que há muitos artistas de destaque no mercado como Alex Camelo, Paulo Henrique e Camarão, assim como também existem muitos no mercado que se importam apenas com o lucro, fazendo o uso imagens de figuras políticas e artistas famosos, muitas vezes sem autorização devida.

“Não faço esse tipo de serviço não. Imagina eu fazer o rosto do Papa sem a devida autorização?! Comercializar a imagem dos outros sendo ridicularizados ou até comprometer a imagem de alguém, pelo uso indevido da imagem, não... Carnaval não é isso. Eu faço carnaval pelo lúdico, brincadeira, magia, mas pra dividir opiniões entre o que é favorável ou não, eu não concordo", ressalta Botelho.

Com cerca de 50 bonecos gigantes já prontos para o desfile do Carnaval deste ano, Silvio possui personagens que chegam a 3,4 metros de altura em pé, incluindo o mais pesado e o mais caro, Homem da Meia-Noite (de 50 kg) e Enéas do Galo da Madrugada (orçado em R$ 18 mil),  respectivamente. Ele salienta ainda que a cidade precisa inovar criações, para não se adaptar a esses ‘personagens da moda’. E por isso mesmo, ele já planeja em uma nova invenção de boneco que chegue a  4 metros e pese até 25 kg.

Ele finaliza salientando que almeja um desfile esquilibrado e um Carnaval mais seguro, por partes de medidas de segurança do poder público. Este ano, novos personagens como Palhaço Chocolate, bem como os homenageados do Galo da Madrugada, Alceu Valença e J.Michiles, irão compor o acervo do artista. 

Comentários