Clicky

sertão • 27/02/2017 - 14:56 •

Maestro Forró anima o Carnaval de Salgueiro

Orquestra Popular da Bomba do Hemetério celebra 15 anos e lança nova música em show nesta segunda (27)

por
Foto: Marilia Fraga/Divulgação

Unir o erudito e o popular. Assim pode-se traduzir o objetivo que norteia os trabalhos de Francisco Amâncio da Silva – o Maestro Forró – músico, compositor e arranjador de reconhecido talento e fundador da Orquestra Popular da Bomba do Hemetério (OPBH). Em 2017, o grupo comemora uma década e meia de sucesso e marca a data com uma nova música, que será mostrada em sua apresentação em Salgueiro, nesta segunda (27), no Polo Centro, a partir da 22h30. A entrada é gratuita.

“Maracatu Tropical” é a canção que fará parte do CD que sai no segundo semestre. Mesclando vários gêneros – maracatu de Baque Virado, samba, frevo, ciranda e, claro o manguebeat dos anos 90 –, a composição já ganhou um vídeo clipe (abaixo).

Na apresentação desta segunda, Forró terá uma convidada especial: a artista Maria Flor – integrante da banda Cabugá e dos grupos Frevoeterno e SerTãoJazz. Ela está participando da maratona carnavalesca da Orquestra Popular da Bomba do Hemetério (OPBH) no Carnaval 2017.

Conhecida como atriz, passista de frevo e cantora, Maria Flor estuda canto no Conservatório Pernambucano de Música e participou de espetáculos em vários estados. “É importante estimularmos novos talentos para a arte e a cultura”, diz Maestro Forró, um dos mais talentosos artistas contemporâneos de nosso estado. O Maestro vem sempre trabalhando no intuito de levar nossas riquezas culturais  mundo a fora. Exemplo disso é a serie de TV Andante, onde atua como apresentador, e seu constante trabalho de inovação à frente da OPBH.

Agenda – A programação do grupo nesses últimos dias de Carnaval. Na terça-feira (28), a Orquestra faz em show no Ibura de Baixo (19h), no Recife; em Olinda (21h) e na Lagoa do Araçá, bairro da Imbiribeira (23h59), no Recife.

Quarta-feira de Cinzas – O encerramento da temporada da folia será em dose dupla: na quarta-feira de Cinzas, no Bacalhau do Mercado da Boa Vista; e no bloco Todos São Maestro, no domingo 5 de março, quando os músicos da Orquestra, que trabalharam no Carnaval, aproveitam a folga e conduzem os foliões, ao som de muito frevo, pelas ruas da Bomba do Hemetério, zona Norte do Recife.

Renovação – Forró se renova a cada apresentação. Conhecido por suas criativas e ousadas performances no palco – como ‘plantar bananeira ao reger a Orquestra. Homenageado do Carnaval do Recife, ano passado, chegou ao palco no Marco Zero da cidade tocando seu inseparável trompete, “voando” por meio de um rapel que atravessou a imensa multidão que assistia ao show, numa apresentação bastante inusitada.

A Orquestra Popular da Bomba do Hemetério (OPBH) foi idealizada, em 2002, por Forró. Atualmente ele comanda uma equipe de 21 integrantes reunidos pelo desejo de fazer música na própria comunidade (a Bomba do Hemetério), localizada na Zona Norte do Recife. Desde a sua formação, faz sucesso mostrando arranjos fora dos padrões para as orquestras tradicionais, unindo características eruditas e populares.

Da Assessoria


Comentários