Clicky

cheia de energia • 01/03/2017 - 11:38 • Atualizado em: 01/03/2017 - 11:46

Foliã de 87 anos curte o Bacalhau do Batata pelas ladeiras de Olinda

Com roupa a caráter é fabricada por ela mesma, dona Eurídice desce a Ladeira da Sé com o bloco nesta Quarta-feira de Cinzas

por Naiane Nascimento
Aos 87 anos, Eurídice do Nascimento não perde o Bacalhau do Batata Foto: Paulo Uchôa/LeiaJáImagens
"Minha vida era subir e descer ladeira e não podia ser diferente", explica, ao LeiaJá, Eurídice do Nascimento. A senhora de 87 descia a Ladeira da Sé, em Olinda, junto ao bloco Bacalhau do Batata, em pleno sol das quase 11h.
 
A caráter, ela conta que todos os anos curte o Carnaval em casa, mas na Quarta-feira de Cinzas ela sai no famoso Bacalhau. "Eu moro em Salgadinho, Olinda, e venho sozinha", explica. Ela conta ainda que produz sua própria roupa, pois também é costureira. 
 
A paixão pelo Carnaval não morreu nem mesmo quando passou alguns anos da sua vida no Rio de Janeiro. "Antes eu já aproveitava o Carnaval e quando voltei continuei a brincar todos os anos até hoje", declara. "Se tem uma coisa que eu não escondo é minha idade e o amor por Carnaval".

Comentários