Clicky

Política • 03/02/2018 - 14:51 • Atualizado em: 03/02/2018 - 14:52

Marchinha de Carnaval critica Reforma da Previdência

A música "Não vá mexer na nossa previdência” traz à tona uma série de críticas aos deputados e senadores que votarem a favor da proposta do governo de Michel Temer

por Eduarda Esteves
Foto: Reprodução/YouTube

Na semana pré-carnavalesca, a Central do Servidor, em parceria com entidades parceiras produziu e lançou uma marchinha de Carnaval com o intuito de pressionar os políticos a não votarem a Reforma da Previdência. A música "Não vá mexer na nossa previdência” traz à tona uma série de críticas aos deputados e senadores que votarem a favor da proposta do governo de Michel Temer. 

A previsão de votação da Reforma no Congresso Nacional é logo após o Carnaval, no dia 19 ou 20 de fevereiro. A ideia da Central é viralizar o conteúdo, principalmente nos blocos carnavalescos de São Paulo, Brasília e Pernambuco.

"Seu Deputado, seu Senador, não vá mexer na nossa previdência. Quem votar, não volta não, não ganha mais nenhuma eleição", diz o refrão da marchinha. Um trio elétrico estará tocando no Congresso Nacional e em pontos de Brasília nas vésperas e durante a tentativa do Governo Federal de realizar a votação.

Confira:

Comentários