Clicky

nem tudo é festa • 13/02/2018 - 00:12 • Atualizado em: 13/02/2018 - 17:15

Brigas, assaltos e correria assustam foliões no Recife Antigo

Relógios e chapéus foram levados durante o vai e vem dos foliões pelas ruas

por Nicole Simões
Foto:
Quem foi ao Bairro do Recife nesta segunda-feira (12) para aproveitar o Carnaval pôde presenciar diversos casos de violência e assaltos. Com policiamento pequeno para quantidade do público, algumas pessoas tiveram seus pertences levados e passaram por momentos de correria e medo. 
 
"A gente estava aqui quando de repente algo estorou lá fora e todo mundo começou a correr. Só ouvi a gritaria e fui me proteger", diz uma assistente do Polo do Cais da Alfândega, que estava na área do camarim na hora do ocorrido, mas não quis se identificar.
 
Enquanto nossa equipe transitava em meio ao público, foram presenciados alguns casos de assalto. Próximo ao palco do Marco Zero, alguns rapazes tomaram chapéus e relógios de quem passava. 
 
Ao procurar policiamento para informar os casos de violência, o LeiaJá encontrou um policial que se limitou a responder que "A gente não pode fazer muita coisa porque daqui para frente é só arrastão e assalto que vai ter. Se eu fosse curtir carnaval, nunca viria para esses lugares".
 
Com atrações como Natiruts e Skank no polo central, as ruas ficaram lotadas e algumas brigas também foram vistas.

Comentários