Clicky

Olha a Selfie • 13/02/2018 - 14:08 • Atualizado em: 13/02/2018 - 14:10

Entre um frevo e outro, turistas aproveitam Alto da Sé para registrar passagem por Olinda

A cidade não perde o contexto histórico mesmo com as ladeiras tomadas por foliões 

por Giselly Santos
Paulo Uchôa/LeiaJáImagensPaulo Uchôa/LeiaJáImagensPaulo Uchôa/LeiaJáImagensPaulo Uchôa/LeiaJáImagensPaulo Uchôa/LeiaJáImagensPaulo Uchôa/LeiaJáImagensPaulo Uchôa/LeiaJáImagens
Foto: Paulo Uchôa/LeiaJáImagens
O Carnaval em Olinda, na Região Metropolitana do Recife (RMR), recebe turistas de todo país e do mundo, mas além do frevo pelas ladeiras, muitos deles também aproveitam o sítio histórico para fazer um passeio e registrar a passagem pela cidade. O Alto da Sé nesta terça-feira (13), por exemplo, foi um dos locais escolhidos pelos foliões para aquela pausa para fotografia. 
 
De Aracaju e pela primeira vez na Marin dos Caetés, o casal Masamitsu Kitawara, de 37 anos, e Alice Ferreira, 20, estava entre os que aproveitavam a típica visão Olinda-Recife. "Além dessa visão extraordinária, tem o Carnaval que é de um colorido impressionante. Lá em Acaraju não tem disso, o povo é criativo demais nas fantasias e melhor, não vimos violência. Para se sincera, gostamos mais daqui do que do Galo da Madrugada [que desfilou no Recife no último sábado]", salientou Alice, garantindo que pretende voltar mais vezes. 
 
Quem também comungou do mesmo pensamento foi Flávio Correia, de 35 anos; de São Paulo, ele está em Olinda para a folia de momo pela segunda vez. "Aqui é maravilhoso, tudo de bom mesmo esse Carnaval e sem falar no lugar lindo para fotografar e contemplar a beleza da cidade. Gostei tanto que agora trouxe a namorada", disse Flávio, acompanhado de Rose do Carmo, de 38 anos. "Já saio daqui com um decreto, Carnaval e em Olinda, não tem lugar melhor", completou ela.

Comentários