Clicky

Balanço • 14/02/2018 - 16:20 • Atualizado em: 14/02/2018 - 18:05

"Não teve registro de arrastão no Recife Antigo", garante Geraldo Julio

O prefeito da capital pernambucana foi categórico ao afirmar que o único registro que ficou foi o carnaval de "um grande sucesso"

por Taciana Carvalho
Foto: Taciana Carvalho/LeiaJáImagens
Em coletiva de imprensa realizada nesta quarta-feira (14), o prefeito do Recife Geraldo Julio (PSB) foi categórico ao afirmar que não houve nenhum registro de arrastão no Recife Antigo durante o Carnaval. "Olhe, não teve registro de arrastão no Recife Antigo. A gente teve registro sim de muita gente que veio assistir aos shows, brincar e participar de tudo que aconteceu aqui", garantiu. 
 
O prefeito foi além ao afirmar que o único registro que ficou foi do "sucesso" do Carnaval de Pernambuco. "O registro que fica desta festa é o de um grande sucesso que foi o Carnaval da cidade", ressaltou.  
 
Geraldo Julio também afirmou que o folião pode brincar em paz. "Todo ano a gente já começa a preparar o Carnaval do ano seguinte um ano antes. É um ano de trabalho, de planejamento, avaliação de identificar tudo que aconteceu, mas o resultado do Carnaval deste ano sem dúvida nenhuma deixou a todos nós da prefeitura muito felizes, porque o folião pôde brincar em paz". 
 
"Na segunda-feira foi o recorde de público da história do bairro do Recife. A infraestutura foi toda preparada e a gente conseguiu duplicar a capacidade do Expresso. Foi (sic) mais de 800 blocos à disposição e mais de 2,7 mil apresentações. Foi, sem dúvida nenhuma, pela declaração dos próprios artistas, que são eles que fazem a festa", explanou.
 
O pessebista ainda contou que este ano foi feito convênios com nove prefeituras localizadas na Região Metropolitana do Recife para aumentar o número de táxis para servir à população. No ano passado, de acordo com ele, foram feitas apenas com cinco. "A gente ficou muito feliz com o resultado e com o recorde de público no carnaval inteiro com 1,6 milhão de pessoas", salientou Geraldo Julio.

Comentários