Clicky

Recife • 18/02/2018 - 14:15 •

Bloco da Ressaca tem importância cultural e econômica

Na Zona Norte do Recife, agremiação alegra foliões neste domingo (18)

por Jorge Cosme
Chico Peixoto/LeiaJáImagensChico Peixoto/LeiaJáImagensChico Peixoto/LeiaJáImagensChico Peixoto/LeiaJáImagensChico Peixoto/LeiaJáImagensChico Peixoto/LeiaJáImagensChico Peixoto/LeiaJáImagensChico Peixoto/LeiaJáImagensChico Peixoto/LeiaJáImagensChico Peixoto/LeiaJáImagensChico Peixoto/LeiaJáImagens
O Bloco da Ressaca encerra o Carnaval do Recife neste domingo (18). As ruas de Casa Amarela, na Zona Norte da capital pernambucana, ficaram apertadas para os quatro trios e a quantidade de pessoas foram acompanhar o bloco. O presidente da agremiação, Daniel Gomes, comemora o sucesso do grupo e lembra o início modesto. "Começamos com um só trio, sem pretensões, e hoje é o maior bloco da Xona Norte do Recife", ele celebra.
 
Para o presidente, o Bloco da Ressaca dá grandes contribuições. "O nosso intuito é manter a cultura em Casa Amarela. O bloco tem uma importância cultural e também econômica para área nesse período de crise", complementa. As ruas, de fato, são repletas de comerciantes, vendendo, principalmente, cervejas e comida. Gomes brinca sobre o fato do bloco ocorrer após o período oficial de carnaval. "Eu sei que não vai ter gente cansada porque o povo aqui tem energia para dois carnavais".
 
As amigas Renata Fox e Penélope Brasil confirmam o que diz o presidente da agremiação. "Brincamos o Galo da Madrugada, fomos às Virgens, Recife Antigo. E estamos só começando", resume a sorridente Renata. O Bloco da Ressaca foi fundado em 2000. O trajeto de 2,5 km começa no bairro do Vasco da Gama e vai até o Mercado de Casa Amarela. Entre as atrações estão Excesso de Bagagem, Carlinhos Beleza e Psirico.

Comentários