Clicky

Denúncia • 07/01/2019 - 17:28 • Atualizado em: 07/01/2019 - 17:39

Sem a subvenção paga pela Prefeitura do Recife, carnavalescos se preocupam com o Carnaval 2019

Dinheiro que ajuda as agremiações a colocarem a festa na rua ainda não foi pago

por Paula Brasileiro

O Carnaval de 2019 começa apenas no mês de março, mas, tão logo entrou o ano, carnavalescos e brincantes já estavam empenhados na produção da festa. A correria pela confecção de fantasias e afinação de instrumentos, no entanto, veio acompanhada de uma preocupação a mais. O repasse da subvenção paga pela Prefeitura do Recife (PCR), para que os grupos viabilizem sua folia, não foi feito até agora.

Representantes de algumas agremiações denunciaram ao LeiaJá a falta do compromisso por parte da PCR. Preocupada com o desenvolvimento de sua agremiação na avenida, Maria* lamenta: "Não recebemos nada. Carnaval já está aí batendo na porta e até agora nada". Já segundo Leonardo*, a subvenção que costuma ser paga entre os meses de novembro e dezembro do ano anterior, não tem previsão para sair. "Nenhuma agremiação carnavalesca recebeu parcela nenhuma. A Prefeitura desde setembro, outubro vem conversando, dizendo que queria pagar com o máximo de antecedência; disse que não passaria do dia 10 de dezembro".

O carnavalesco alega, também, que alguns grupos precisaram recorrer a empréstimos para atualizar sua documentação e assim receber a subvenção dentro do prazo estipulado, mas o esforço não deu o resultado esperado, e as promessas continuam no ar: "Fica um enrolando o outro, dizendo que está esperando alguém autorizar. Esse alguém nunca dizem quem é. Aí, a gente tá nessa, a mercê".

Porém, o atraso no pagamento das subvenções não é uma novidade. Leonardo confirma que o problema vem se repetindo há vários anos e que a cada Carnaval tem sido mais difícil promover a festa. "Nessa gestão tem atrasado bastante, já teve agremiação que recebeu na semana pré-carnavalesca, alguns já receberam, inclusive, na sexta. Podemos receber um mês, dois meses ou até mesmo dias antes do Carnaval. É complicado". Procurada pelo LeiaJá, a Prefeitura do Recife não respondeu até o fechamento desta matéria.

*Nomes fictícios criados para preservar as identidades a pedidos.

 

Comentários