Clicky

Mudanças • 11/01/2019 - 17:00 • Atualizado em: 11/01/2019 - 17:26

Tradicional concurso de agremiações é transferido para a semana pré

Agremiações farão seus desfiles entre os dias 14 e 25 de fevereiro, no Bairro do Recife. A mudança foi lamentada por carnavalescos e foliões

por Paula Brasileiro

É tradição no Carnaval do Recife os desfiles do concurso das agremiações de cultura popular. Os grupos de diferentes modalidades, como maracatus, caboclinhos, bois e escolas de samba, se apresentam na passarela não só em busca pelo troféu de campeão do Carnaval, bem como para abrilhantar a festa recifense com seus ritmos e cores. Em 2019, uma novidade se apresentou para os brincantes e carnavalescos: o concurso será realizado na semana pré, entre os dias 14 e 25 de fevereiro, na Avenida Cais do Apolo.

LeiaJá também

--> Sem a subvenção paga pela Prefitura, carnavalescos se preocupam com Carnaval 2019

--> Prefeitura do Recife nega atraso no pagamento das subvenções a carnavalescos

A mudança, porém, não chegou a ser uma surpresa. A transferência do concurso no calendário do Carnaval da cidade já havia sido proposta em 2018. À época, depois de reuniões com os representantes dos grupos, chegou-se ao consenso de deixar os desfiles como sempre aconteceram, durante o Carnaval e na Avenida Dantas Barreto. Já para 2019, a mudança foi concretizada, segundo alguns integrantes de agremiações ouvidos pelo LeiaJá, sem consulta prévia.

Em reunião realizada com representantes da Secretaria de Cultura do Recife, entre eles a secretária Leda Alves e o secretário executivo Eduardo Vasconcelos, os carnavalescos foram informados das alterações de calendário e local do concurso.  Procurada para falar sobre as alterações no ciclo carnavalesco, a Prefeitura do Recife não respondeu até o fechamento desta matéria.

Nas redes sociais, a novidade foi comentada, alguns vêem a estratégia como uma forma de higienizar o Carnaval do Recife e invisibilizar a cultura popular: “E o maracatu segue perdendo cada vez mais espaço no Carnaval do Recife, triste fim”;   “As nações não tiveram nem direito de opinar, é isso e isso mesmo! O povo de agremiações vai chamar para lutar novamente por um coisa que já era nossa, eu era criança que esse concurso existe no domingo de carnaval”; “ Infelizmente aqui o carnaval de rua vem perdendo o espaço para os luxuosos camarotes e para as festas privadas. Um total descaso com a cultura popular de Pernambuco; “Quando não proíbe na cara dura, inviabiliza. O resultado é o mesmo higienização e aculturação”.

 

Comentários