Clicky

Meio ambiente • 29/01/2019 - 14:21 • Atualizado em: 29/01/2019 - 14:29

Engenheiro ambiental bomba nas redes com confete feito de folhas secas

Intitulado 'ECOnfete', a versão do tradicional papel picado consiste em inovação e sustentabilidade

por Paulo Uchôa
Intitulado 'ECOnfete', a versão do tradicional papel picado consiste inovação e sustentabilidade Foto: Divulgação

A exatos 35 dias para o Carnaval, foliões de carteirinha começam a planejar roteiros para se divertir na maior festa popular do Brasil. Entre roupas estilosas e maquiagens bem elaboradas, um dos fatores que não pode ficar de fora da brincadeira é a criatividade. Pensando nisso, o cearense Vitor Hugo Sampaio decidiu chamar a atenção dos apaixonados por Carnaval.

Consciente, o engenheiro ambiental adaptou o tradicional confete, feito de papel, por um material que não tem custo algum, além de não agredir a natureza: usando folhas secas, aquelas encontradas caídas aos pés das árvores, o ECOnfete pode ser jogado nos blocos de rua e em bailes sem culpa.

"O ECOnfete consiste numa adaptação, inovação, uma alternativa ao confete tradicional. Além de ter uma grande quantidade de matéria prima disponível, ainda é natural e biodegradável", explicou Vitor em entrevista ao LeiaJá.

Por meio de uma conta no Instagram, o @referencialverde, idealizado por Vitor Hugo, dá dicas de sustentabilidade para uma vida que não agrida o meio ambiente. Apesar de ser uma prática nova, mas ao mesmo tempo comum, a transformação das folhas de árvores em confetes não dá trabalho no momento da confecção. Basta apenas ter um perfurador de papel.

"Sem dúvidas é uma ideia simples e que está ao alcance de todos. Minha função é conscientizar as pessoas, assim como multiplicar o saber ambiental e as práticas sustentáveis", completa Vitor Hugo. Apesar do sucesso nas redes sociais, o engenheiro ambiental não vende nem pretende vender o ECOnfete. A intenção é inspirar cada vez mais pessoas a produzir os seus prórpios.

Comentários