Clicky

recomeço • 09/02/2019 - 19:06 • Atualizado em: 09/02/2019 - 19:14

Balé Popular do Recife inaugura novo endereço no dia do frevo

'Ainda precisamos de apoio', disse diretora do Balé

por Stefannia Cardoso
Foto: 'Ainda precisamos de apoio', diz diretora do Balé

No final da tarde deste sábado (9), marcado pelo dia do Frevo, o Balé Popular do Recife promoveu  uma festa para inaugurar novo espaço, localizado na Rua do Bom Jesus 143, no Bairro do Recife. Em entrevista ao LeiaJá, Angélica Madureira, diretora artística do Balé e filha do fundador, falou do novo espaço e dos desafios enfrentados desde o despejo da última sede na Rua do Sossego.

Angélica lembra da difícil fase do Balé: "Fomos despejados da nossa antiga sede na Rua do Sossego, em meados de agosto/setembro, onde ficamos por 31 anos. O Paço Alfândega cedeu um espaço para que a gente não deixasse nossas atividades", relembra a diretora. Ela também diz que o Balé esteve esquecido. "Agora nós conseguimos uma parceria com a Prefeitura do Recife, vamos fazer 42 anos no dia 20 de maio, a Prefeitura deu o espaço, mas a reforma nós fizemos com empréstimos que realizamos por conta própria, mas ainda falta muita coisa", desabafa Angélica.

"Ainda precisamos de apoio. As portas ficaram fechadas e agora se abriram um pouco, mas precisamos de mais incentivos, mais contratos para eventos ou empresários que queiram nos ajudar", revela Angélica. O amor pelo frevo foi o motivo pelo qual a inauguração foi realizada no dia do ritmo. "Frevo é tudo na minha vida, pra mim é um ser vivo!", conta Angélica emocionada

Com um novo espaço, a escola faz planos para o futuro. "Vamos ampliar nossas atividades, com aulas de teatro, música, dança de salão, popular, entre outras. Também vamos inaugurar o nosso museu aqui, vamos cobrar uma taxa simbólica para nos ajudar", conta a diretora. Segundo Angélica, durante o Carnaval, a sede ficará aberta com uma feirinha de artesanatos e para quem quiser conhecer mais sobre a escola.

Comentários