Clicky

Brega • 08/03/2019 - 19:48 • Atualizado em: 08/03/2019 - 22:13

Primeira festa brega no Carnaval agitou Casa Amarela

Essa foi a primeira vez que o Carnaval contou com um pólo exclusivo para o brega

por Jameson Ramos
O Conde, da Banda Só Brega, foi uma das atrações do pólo bregueiro Foto: Marcelo Selva/ Divulgação

O pátio da feira de Casa Amarela ficou pequeno para cerca de 10 mil pessoas que prestigiaram a primeira edição do  Bregalizando na Rua. O evento foi promovido, na noite desta quinta (7), com o apoio da Prefeitura do Recife, após uma reivindicação do movimento brega.

Além de toda uma estrutura montada para receber os foliões neste resquício de Carnaval, o pólo exclusivo do brega contou com shows de cantores bregueiros renomados não só em Pernambuco, como também nacionalmente como o mito O Conde, que fez uma apresentação recordando os sucessos que marcaram época.

As Amigas do Brega, formada por quatro vozes que também marcaram uma geração, se apresentaram no palco de Casa Amarela animando os presentes com um repertório que foi desde o brega romântico ao tecnobrega.

O estudante João prestigiou o evento e afirmou que o Bregalizando na Rua foi uma ótima iniciativa. “Agradeço por mim e por meus amigos que foram comigo. Que o Deus do coração de vocês os proteja e permita que a próxima edição. Viva o brega”, elogiou.

Também teve apresentação do cantor Ribamar José e da banda Sedutora. O encerramento da festa ficou por conta da Orquestra Popular do Recife e Maestro Ademir Araújo, que fez uma surpresa aos foliões homenageando o eterno rei Reginaldo Rossi em um momento de muita emoção.

O Bregalizando na Rua, que entrou para história das maiores festas do ritmo em Pernambuco, tem a expectativa de fazer um evento ainda maior em 2020 levando o polo bregueiro para outras áreas da capital pernambucana principalmente confirmando que o brega veio para ficar, de vez, no melhor e maior Carnaval de rua do Brasil.

*Da assessoria

Comentários