Clicky

policiamento • 21/02/2017 - 12:08 • Atualizado em: 21/02/2017 - 13:02

Mais de 31 mil agentes vão atuar na segurança durante o Carnaval de PE

Operação "Vai na folia, vai na paz" inicia na próxima sexta-feira (24) e segue até o dia 5 de março

por
 Para o Galo da Madrugada, considerado um dos maiores blocos do país, serão alocados 4.254 profissionais de segurança Giselly Santos/LeiaJáImagens ( Para o Galo da Madrugada, considerado um dos maiores blocos do país, serão alocados 4.254 profissionais de segurança)
A Secretaria de Defesa Social (SDS) divulgou, nesta terça-feira (21), que vai atuar com um efetivo de 31.213 mil agentes durante o período do Carnaval em Pernambuco. A Operação "Vai na folia, vai na paz" inicia na próxima sexta-feira (24) e segue até o dia 3 de março. O número de profissionais é menor do que o utilizado em 2016, mas de segundo o secretário-executivo da SDS, João Luiz, atende a demanda. 
 
"O número foi feito para atender a demanda e temos certeza que os pernambucanos vão curtir sua festa em paz e sem grandes transtornos. Temos menos postos porque a demanda também diminuiu. Pegamos todo o evento é dividimos", afirmou. “Diversas prefeituras cancelaram as festas de carnaval. Não precisamos de mais do que este quantitativo para o carnaval. Este é o ideal”, frisou.
 
Questionado sobre o medo da população em participar da festa carnavalesca, inclusive constatado por um levantamento divulgado pelo Instituto de Pesquisas Uninassau no último sábado (18) onde 56,2% dos recifenses disseram que não participariam das atividades de momo, o secretário-executivo afirmou que garantia a segurança. “As pessoas podem ficar tranquilas e vir se divertir. É uma garantia do estado. Além deste efetivo temos o que não está direcionado ao evento Carnaval, destinado ao combate a criminalidade comum”, ponderou.
 
De acordo com a SDS, o efetivo estará dividido nos principais polos da folia na capital pernambucana, em Olinda, nas outras cidades da Região Metropolitana (RMR) e no interior do estado. Apenas no Recife vão atuar 4.357 policiais em 47 polos e na Márim dos Caetés serão 2.640 profissionais.
 
O efetivo está dividido entre 23.021 agentes da polícia militar, 4.692 policiais civis, 2.892 bombeiros, 443 agentes da polícia científica, 47 do Grupamento Tático Aéreo (GTA) e 118 atuam pela Corregedoria.
 
Para o Galo da Madrugada, considerado um dos maiores blocos do país, serão alocados 4.254 profissionais de segurança. Além de dois centros de comando, localizados no fórum Thomaz de Aquino e na Estação Central do Metrô do Recife. Nesses dois pontos, também vão atuar o Poder Judiciário, Defensoria Pública e Ministério Público e funcionará o Juizado do Folião. No juizado, serão atendidos os delitos de menor potencial ofensivo (não ultrapassam a pena de dois anos de prisão).  
 
 
Por Giselly Santos
 

Comentários