Clicky

Insegurança • 25/02/2017 - 13:07 • Atualizado em: 25/02/2017 - 13:07

Foliões dizem que medo da violência não pode pautar o Carnaval

Apesar da ameaça da Polícia Militar de fazer uma paralisação durante o período carnavalesco, milhares de pessoas lotam as ruas da capital pernambucana embaladas pela efervescência do frevo

por Giselly Santos
Medo da violência não impediu foliões de brincar o Galo da Madrugada Paulo Uchôa/LeiaJáImagens (Medo da violência não impediu foliões de brincar o Galo da Madrugada)
“Que todos brinquem em paz e em família”, foi o desejo expresso pela foliã Rose Martins ao LeiaJá. O anseio não é apenas dela. O discurso pela paz e a tranquilidade tem sido latente entre os foliões que curtem, neste sábado (25), o 40º desfile do Galo da Madrugada, no Recife. 
 
Apesar da ameaça da Polícia Militar de fazer uma paralisação durante o período carnavalesco, milhares de pessoas lotam as ruas da capital pernambucana embaladas pela efervescência do frevo. 
 
“Se pensarmos apenas na violência não vivemos e nem saímos de casa. Apesar de assustados, nós não devemos nos inibir ou estar condicionados a isso”, salientou Túlio Rodrigues, que trouxe o filho Rômulo, de cinco meses, para conhecer o Carnaval. “A violência assusta, mas não vamos ficar reféns dela, não. Saímos, sim, para brincar em família e esperamos que tudo aconteça na paz”, corroborou o estudante Erivan Rocha. 
 
Governador garante segurança 
 
No início da manhã de hoje, o governador Paulo Câmara e o prefeito do Recife, Geraldo Júlio, ambos do PSB, estiveram presentes no Centro Integrado Operacional de Defesa Social (CIODES) para acompanhar o trabalho de monitoramento da Secretaria de Defesa Social. 
 
Questionado, durante entrevista coletiva após a visita, sobre a possível ausência de policiais nas ruas, o governador desmentiu que o efetivo seja inferior ao planejado e revelou que o total de homens envolvidos na operação ultrapassa os 4 mil. 
 
"Não tem menos policiais. O policiamento, inclusive, é maior do que em 2016. Essa observação sua (do repórter) está incorreta. A disciplina policial tem códigos, leis e regulamento. Os lançamentos foram feitos e as pessoas estão nas ruas, então está tudo normal e o folião pode vir para as ruas", frisou Câmara. 
 
Por volta das 11h40 da manhã, inclusive, a reportagem do LeiaJá flagrou centenas de agentes chegaram para reforçar o policiamento pela Avenida Guararapes, ponto de apoteose do Galo da Madrugada. 

Comentários