Clicky

Galo gigante • 31/01/2018 - 11:41 • Atualizado em: 31/01/2018 - 12:15

Homenageando o frevo, Galo da Madrugada deste ano traz uma série de novidades

A base do Galo ganhará um cenário e iluminação. Montagem começa na próxima quarta-feira (7)

por
Paulo Uchôa/LeiaJáImagensPaulo Uchôa/LeiaJáImagensPaulo Uchôa/LeiaJáImagensPaulo Uchôa/LeiaJáImagensPaulo Uchôa/LeiaJáImagensPaulo Uchôa/LeiaJáImagensPaulo Uchôa/LeiaJáImagensPaulo Uchôa/LeiaJáImagensPaulo Uchôa/LeiaJáImagensPaulo Uchôa/LeiaJáImagensPaulo Uchôa/LeiaJáImagensPaulo Uchôa/LeiaJáImagensPaulo Uchôa/LeiaJáImagensPaulo Uchôa/LeiaJáImagensPaulo Uchôa/LeiaJáImagens
O Galo da Madrugada deste ano traz algumas novidades. A escultura de 25 metros de altura terá desta vez 3,5 toneladas, 10 a menos que a do ano passado. O desenho do Galo foi idealizado pelo designer Walther Holmes, que se inspirou nas culturas indígenas e européias. Os tons mais cítricos de amarelo, verde e laranja acompanham a estética da cenografia utilizada na decoração do Recife. Já os traços pretos foram inspirados nas xilogravuras e buscam definir ainda mais o desenho deste ano.
 
Pela primeira vez trabalhando com o Galo, Walther contou que chegou a fazer cerca de 20 rascunhos antes de chegar ao desenho final. O designer fala do orgulhoso sobre seu novo trabalho. “Dá um certo medo, porque é uma responsabilidade enorme, mas é um orgulho muito grande fazer o símbolo mais importante do Carnaval do Recife. Agradeço demais pelo convite”, disse. 
 
O Galo de Walther terá nas mãos uma sombrinha de frevo e o designer justifica: "São 40 anos de frevo, o galo vai ser inaugurado no dia do frevo e a gente trouxe esse símbolo em reverência à música mais importante do carnaval. O frevo é o nosso som do carnaval".
 
O Galo ganha uma estrutura metálica modelada e revestida por PVC, ganhando mais volume, contudo, ficando mais leve. O novo tipo de revestimento garantirá à alegoria uma proteção ao sol e da chuva, bem como 700 penas de PVC de 60cm e 4m serão afixadas na estrutura. A cabeça e os pés serão esculpidos manualmente pelo artesão Mestre Tonho, conhecido por suas figuras e bonecos em cenografias de Carnaval e presépios natalinos de cidades como Olinda.
 
Outra novidade fica por conta da base da alegoria. A estrutura, que cercará o caminhão, reproduzirá o casario de São José e algumas imediações da Rua da Aurora. Das janelas das casas sairão pequenos balões, no estilo cartum, representando as pessoas cantando as músicas dos homenageados da festa, Jota Michiles e Nena Queiroga.  Além disso, a base também receberá uma iluminação noturna específica com vários flashes para de realçá-lo ainda mais.
 
Ao todo, cerca de 40 pessoas está trabalhando na confecção do Galo. A alegoria será montada na Ponte Duarte Coelho na próxima quarta-feira (7); o objetivo é de que na manhã da sexta-feira (9) o Galo já esteja entregue. A montagem será feita peça por peça.
 
Por Thayná Aguiar

Comentários