Clicky

Não é Não • 05/02/2018 - 16:08 • Atualizado em: 05/02/2018 - 16:16

Prefeitura lança a 3ª edição do manual 'Como Não ser um Babaca no Carnaval'

Em 2018, o material ganha versão digital

por Elaine Guimarães

A campanha de combate ao assédio e à violência contra mulher no Carnaval, intitulada 'Como não ser Babaca no Carnaval', promovida pela Prefeitura do Recife (PCR) utiliza um formato bem humorado e lúdico com o objetivo de desconstruir o comportamento machista durante os dias de folia.

Em 2018, o manual ganha versão digital, produzido pela equipe do Gabinete de Imprensa - Gerência de Presença Digital da PCR, em parceria com a Secretaria da Mulher. Para a terceira edição foi criado o personagem 'Zé Mamão', que faz tudo errado e o manual o ajuda a refletir seu comportamento.

Ao todo, 15 cards ilustram diversas situações que buscam desconstruir justificativas que contribuem para violência, como roupa ou o estado em que a mulher se encontra. O manual impresso será distribuído durante o carnaval nos polos centralizados e descentralizados.  A versão digital está disponível para download através do aplicativo gratuito carnaval do Recife.

LeiaJá Também

--> Folia feminista: conheça os blocos que são puro empoderamento 

--> As mulheres e o carnaval do 'não é não'

Comentários