Clicky

Galo da Madrugada • 10/02/2018 - 09:40 • Atualizado em: 10/02/2018 - 09:41

Foliões cultivam tradição de amanhecer aos pés do Galo da Madrugada

Algumas pessoas acompanham o maior bloco do mundo há décadas

por Ana Tereza Moraes
.......

O Galo da Madrugada só começa oficialmente às 9h, quando é dada a largada para os trios elétricos. No entanto, desde as primeiras horas do Sábado de Zé Pereira as pessoas já se acumulam pelas ruas do centro da cidade, contanto os minutos para que as canções que alegram o Recife se iniciem. Alguns repetem a tradição de acompanhar o maior bloco de rua do mundo há décadas, se mantendo fiéis á agremiação. “Todo ano a gente vem, há mais de 20 anos. Costumo ir pra Olinda, Recife Antigo, mas a principal atração do meu Carnaval é sempre o Galo, é a ele que eu sou mais fiel”, afirma Eduardo Augusto, de 45 anos, morador do Recife.

Aureli Alves de Lima e seu marido, Marcos Luz, ambos pernambucanos, estão a menos tempo acompanhando o maior bloco de rua do mundo, mas os oito anos seguidos em que vão juntos para a festa já foram mais do que suficientes para transformar a ida ao desfile, no meio da rua, numa tradição. “A gente não gosta de camarote, viemos sempre acompanhando o folião, atrás do frevo e do melhor bloco de todos. Tem muita coisa boa no Carnaval daqui do estado, mas o Galo é a referência de Pernambuco, é o melhor”, afirma ela.

“Essa alegria, esse povo na rua, essa energia positiva, felicidade de brincar na paz, sem violência, isso contagia a mim e a Pernambuco”, diz Eliane Raimundo, a foliã de 55 anos ao justificar o porquê da agremiação a qual segue há 35 anos ser a sua preferida. “É a melhor do mundo!”, enfatiza. Jorez Pedro, de 50 anos, que costuma acompanhá-la no bloco, entoa o que foi dito pela esposa: “O Galo é o responsável por fazer essa abertura maravilhosa da alegria que o Carnaval traz pra Pernambuco e pro povo pernambucano, por isso não tem como não voltar aqui sempre”.

Comentários