Clicky

ZOMBIE WALK • 11/02/2018 - 15:22 • Atualizado em: 11/02/2018 - 15:53

Carnaval de monstros: foliões promovem 'invasão zumbi' em Curitiba

Evento acontece pela  11ª vez e, apesar de ter origem no Canadá, já faz parte da folia curitibana

por Marília Parente
RODOLFO BUHRER/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO ()
Se no resto do país, o colorido e fantasias bem-humoradas dão os tons do carnaval, em Curitiba, capital do Paraná, pessoas fantasiadas de zumbis celebraram a 11ª edição da Zombie Walk. O evento surgiu no Canadá, em 2003, e chegou a Curitiba com o objetivo principal de tornar o medo a principal diversão do período carnavalesco, em uma tarde de terror.
 
A Zombie Walk já faz parte da tradição do Psycho Carnival, o carnaval alternativo da cidade, que reúne os foliões que, ao invés de samba ou maracatu, preferem ouvir gêneros como punk, rock e rockabilly no período. A organização esperava que pelo menos 20 mil pessoas comparecessem ao evento. 
 
O realismo das maquiagens é o que mais chama atenção no evento. Graças à Zombie Walk, a massinha usada nas maquiagens, feitas para simular ferimentos, curiosamente é um dos produtos mais procurados no carnaval de Curitiba. O produto chega a ser vendido por kits como “queimaduras” e “sangue artificial”. 
 

Comentários