Clicky

Nazaré da Mata • 12/02/2018 - 14:52 • Atualizado em: 12/02/2018 - 15:29

Paulo Câmara responde críticas recebidas em loa do Maracatu Cambinda Brasileira

Durante a apresentação da agremiação, o Mestre Anderson versou sobre a violência no município

por Paula Brasileiro
Rafael Bandeira/LeiaJáImagensRafael Bandeira/LeiaJáImagensRafael Bandeira/LeiaJáImagensRafael Bandeira/LeiaJáImagens

Presente no 18º Encontro de Maracatus, em Nazaré da Mata, o governador Paulo Câmara assisitu de perto à apresentação do maracatu homenageado da cidade em 2018, o Cambinda Brasileira. Atento, ele acompanhou a evolução dos caboclos e da corte e ouviu críticas sobre a violência no município cantadas pelo Mestre Anderson durante uma loa.

 
As agruras do cotidiano servem como mote para as toadas dos maracatus. Desse modo, Anderson versou sobre o momento de muita violência que sua cidade vem enfrentando: "Nos últimos dias foram assassinadas três pessoas, só nos últimos dias", disse após o desfile do Cambinda. O público reagiu com muitas palmas à toada improvisada e concordou com a cobrança do jovem mestre.
 
Após a apresentação, Paulo Câmara falou à imprensa sobre o assunto: "A gente está muito confiante de tudo que está sendo feito, um planejamento muito bem cuidado. A forma de combater a criminalidade precisou ser mudada por conta do avanço do crack, do tráfico de drogas. Mas a gente tem conseguido diminuir homicídios, roubos, assaltos e furtos. Então, a gente está num caminho de melhoria e não vamos descansar enquanto não estivermos plenamente nos níveis que Pernambuco merece".
 
Completando, ele afirmou ser este um Carnaval muito tranquilo, com "pessoas nas ruas" e garantiu: "A gente ainda tem muito Carnaval pela frente e não vamos descansar enquanto não estiver tudo em ordem e a população segura para poder brincar o melhor Carnaval do Brasil em paz". 
 
Este ano, Pernambuco destinou R$ 9 milhões para a segurança durante o Carnaval, segundo o governador: "A gente não pode se descuidar de maneira nenhuma em oferecer segurança à população e isso está sendo feito. Tenho visto muita gente na rua, num clima de muita paz e alegria e o povo fazendo o Carnaval."

Comentários