Clicky

TORCEDORES • 12/02/2018 - 12:03 • Atualizado em: 12/02/2018 - 12:09

Troça 'Minha Cobra' atrai inúmeros tricolores às ladeiras de Olinda

A agremiação, criada em comemoração ao acesso do Santa Cruz à série A em 2005, leva os hinos do clube e muito frevo pela cidade alta

por Thayná Aguiar
Paulo Uchôa/LeiaJáImagens Paulo Uchôa/LeiaJáImagens Paulo Uchôa/LeiaJáImagens Paulo Uchôa/LeiaJáImagens Paulo Uchôa/LeiaJáImagens Paulo Uchôa/LeiaJáImagens Paulo Uchôa/LeiaJáImagens Paulo Uchôa/LeiaJáImagens Paulo Uchôa/LeiaJáImagens
 
Que em Olinda tudo vira festa no período de Carnaval, todo mundo sabe. Mas já pensou em unir, futebol e o acesso de um clube à série A do campeonato brasileiro com a época carnavalesca? Pois é o que fez um grupo de torcedores do Santa Cruz. Em 2005, quando o time subiu para a elite do Brasileirão, amigos resolveram criar a Troça Carnavalesca Mista Oficidica Etílica e Erótica Minha Cobra. 
 
De acordo com um dos organizadores, Claudemir Pereira, a cada ano a agremiação cresce mais. "A 'Minha Cobra' é assim: mexeu com ela, ela cresce.  Não tem jeito. A cada ano é uma multidão maior ainda", disse. A troça percorre várias ladeiras da cidade alta. Sai da rua do Amparo, sobe pela Ribeira, vai pela Rua de São Bento e vai até a prefeitura. 
 
Roberto Gomes, fisioterapeuta e torcedor fanático do Santa Cruz, já é um folião fiel da troça. "A 'Minha Cobra' é uma troça irreverente e tem uma orquestra maravilhosa, e por isso toda segunda-feira eu venho participar. Há seis anos eu acompanho", contou. 
 
E pra quem pensa que a agremiação só toca hinos do Santa Cruz, está enganado. Além das músicas tricolores, muito frevo é tocado durante todo o percurso. De acordo com Claudemir, um dos organizadores, a música tradicional do carnaval é essencial no desfile. A troça leva desde crianças até o mais velho torcedor.

Comentários