Clicky

Mudanças • 13/02/2019 - 17:43 • Atualizado em: 13/02/2019 - 18:47

Clube Atlântico de Olinda não terá festas de blocos no Carnaval 2019

Espaço funcionará para receber os filhos de ambulantes que trabalharão na festa. Medida causou polêmica nas redes sociais

por Paula Brasileiro
Reprodução/Facebook O Ceroula faz suas festas no lugar há cerca de 30 anos (Reprodução/Facebook)

No Carnaval de 2019, o Clube Atlântico de Olinda será usado para outra finalidade que não suas tradicionais festas. O lugar vai abrigar o Espaço de Proteção de Crianças e Adolescentes, uma iniciativa da Secretaria de Desenvolvimento Social, Cidadania e Direitos Humanos da cidade. A medida, porém, causou controvérsia nas redes sociais.

O Atlântico tem sido sede para festas de blocos e troças ao longo de toda sua existência. Um deles, o Ceroula de Olinda, comunicou a seus foliões, nesta quarta (13), em seu perfil no Facebook, que sua tradicional festa não será realizada no clube neste carnaval, como vem sendo feito nos últimos 30 anos. "A prefeitura de Olinda resolveu utilizar o Clube Atlântico como casa de acolhimento a menores nesse carnaval. Pedimos desculpas a todos, sabemos que o Atlântico é nossa casa há quase 30 anos, espero que para o próximo carnaval essa situação seja revista e nossa parceria com a prefeitura seja mantida". A postagem também indicava um novo local para a festa do bloco, o Casarão da Rua do Sol.

Nos comentários, as opiniões quanto à mudança, e o uso do Clube Atlântico, se dividiram. "Tirar o Atlântico dos clubes e troças foi mais uma postura ridícula da prefeitura que só tem olhos pra legalizar camarote na Cidade Alta"; "É salutar uma casa de acolhimento para menores no carnaval, e melhor ainda, muito melhor e funcionasse o ano todo, no entanto não faz sentido o Clube Atlântico, na maior e simbólica festa da cidade, deixar de cumprir suas funções para sediar uma atividade que poderia ser desenvolvida em instalações, por exemplo em um dos tantos colégios existentes no Sítio Histórico".

Procurada pelo LeiaJá, a Prefeitura de Olinda confirmou o uso do Atlântico no Carnaval e explicou como funcionará o espaço. "Os pais que estão cadastrados junto à Secretaria de Meio Ambiente e Planejamento Urbano para trabalhar como ambulantes no Carnaval e não tem onde abrigar seus filhos poderão deixar neste espaço, que vai funcionar de sábado a terça de Carnaval, das 10h às 22h. Lá terá uma equipe para receber os pequenos, será feito um cadastro com todos os dados da criança e do responsável, os pais vão informar em qual ponto irão trabalhar, etc. Para as crianças, serão oferecidas todas as refeições (café, almoço, lanches e ceia), além de brincadeiras (pula-pula, piscina de bolinhas, danças, exibição de filmes, atividades de customização de camisa, etc)". O órgão também afirmou que, em próximos carnavais, o Ceroula de Olinda poderá voltar a promover suas festas no clube e que a ida do evento para o casarão da Rua do Sol foi feita em comum acordo entre a diretoria do bloco e a prefeitura.

LeiaJá também

Comentários