Clicky

Protesto • 04/03/2019 - 01:45 • Atualizado em: 04/03/2019 - 11:44

Homenageando Nação Zumbi, show de BaianaSystem tem ‘Lula Livre’ e coro contra Bolsonaro

Grupo se apresentou neste domingo (3) no polo Lagoa do Araçá, na Zona Sul do Recife

por Jorge Cosme
Russo PassapussoShow lotado na Lagoa do AraçáShow de BaianaSystem no RecifeShow de BaianaSystem no RecifeShow de BaianaSystem no RecifeA estudante Raíssa Torres diz que o som de BaianaSystem toca o povo

BaianaSystem foi atração do polo descentralizado de Lagoa do Araçá, na Zona Sul do Recife, na noite deste domingo (3). O local ficou lotado. A banda, que tem um forte discurso político em seu trabalho, fez o ‘L’ do “Lula Livre”, fez menção à vereadora assassinada Marielle Franco e incitou coro crítico ao presidente Jair Bolsonaro (PSL).

O grupo iniciou o show citando Nação Zumbi, Mundo Livre S/A e Devotos. Ao longo da apresentação, o vocalista Russo Passapusso disse dedicar o show à Nação Zumbi. Ele cantou a música Rio, Pontes & Overdrives, de Nação Zumbi, e ‘Pagode Russo’, de Luiz Gonzaga.

O BaianaSystem também estimulou o coro de “Lula Livre”, ocorrido algumas vezes durante o show. O público entoou coro crítico a Bolsonaro. “Vocês são resistência?”, provocou Passapusso. O vocalista ainda pediu valorização da cultura popular e comparou Olinda ao bairro de Pelourinho, em Salvador.

“A banda tem um viés de resistência,  da política, acho isso muito importante”, opinou o industriário Leonardo Branco, 48, que prestigiava o show. A estudante Raíssa Torres, 25, diz que escuta a banda há mais de um ano. “O som deles toca o público. É uma banda do povo. É um som bem político e eu acho importante que seja”, disse a jovem.  

 

Comentários