Clicky

Limpeza • 17/02/2020 - 12:15 • Atualizado em: 17/02/2020 - 12:15

Após prévias, lixo mancha beleza do Sítio Histórico de Olinda

A prefeitura diz ter reforçado a coleta diária, mas diante do acúmulo de lixo nas esquinas, turistas e moradores criticam a sujeira na cidade

por Victor Gouveia
Rafael Bandeira/LeiaJáImagensRafael Bandeira/LeiaJáImagensRafael Bandeira/LeiaJáImagensRafael Bandeira/LeiaJáImagensPaula Brasileiro/ LeiaJáImagensPaula Brasileiro/ LeiaJáImagens

Desde o início das prévias, em setembro, Olinda já respira o Carnaval. Entretanto, as cores da festa acabam sendo poluídas pelo rastro de sujeira deixado pelos foliões. Nas ruas do Sítio Histórico, garrafas e embalagens se amontoam como produto da falta de educação de quem vai para brincar e acaba fechando os olhos diante das lixeiras espalhadas pela região.

“É muita sujeira. O pessoal não tem controle e suja muito. Se chegar aqui domingo de manhã é a maior imundice”, destacou a vendedora Giselle de Luna. Em constante contato com turistas, sobretudo no período carnavalesco, ela revela que tão comum quanto o lixo é ouvir críticas dos visitantes. Após perceber que a beleza da cidade recebe um odor não tão agradável, muitos perdem a vontade de retornar, conclui.

“Eu não sei que milagre hoje [o lixo] tá menos”, reforçou o repositor Antônio Gonçalves. Ele explica que, durante todo o ano, uma coleta de lixo é realizada diariamente. Porém, devido à demanda do reinado de Momo, o serviço é reforçado. “Dá semana passada pra cá, ele começou a passar duas vezes, mas quando não é carnaval, ele só passa uma”, pontuou.

O padeiro Edinaldo da Silva confirma que a coleta ganha reforço na tentativa de manter a cidade limpa,. Porém, entende que também deve haver consciência da população. “Semana passada tava lixo ‘que só’! Mas eles ajeitaram e hoje tá tudo limpinho, e quando tá limpinho, a gente tem que dizer”, complementou.

O que diz a prefeitura

"A Secretaria de Serviços Público de Olinda informa que no período de prévias carnavalescas a limpeza está acontecendo de forma intensificada no Sítio Histórico. A coleta é realizada duas vezes: à 0h e às 5h. E a segunda concluída por volta das 9h. São 100 funcionários da limpeza urbana envolvidos na operação com o apoio de dois caminhões de coleta. A coleta seletiva, sobretudo no período de Carnaval, é realizada em parceria com cooperativas da cidade. No Carnaval de 2019, por exemplo, mais de 50 toneladas de latinhas foram recolhidas e destinadas para reciclagem.

A Prefeitura de Olinda instalou dez lixeiras e 15 contentores de 1.500 litros em pontos estratégicos.
"

Comentários